MONSENHOR CALIMÉRIO
 
  Exemplo de devoção a Nossa Senhora da Cabeça
 
Monsenhor Calimério Afonso Nunes chegou a Perdizes, recém formado padre no ano de 1966. Ao buscar tomar conhecimento de sua nova paróquia, deparou-se com uma imagem e a novena a Nossa Senhora da Cabeça.

Desde então, tornou-se devoto fiel e amoroso, instituindo a Novena Perpétua em sua honra todas as quartas feiras, e a festa em sua honra a cada primeiro domingo do mês de outubro.

Como a data das eleições municipais passaram a coincidir com a data da festa, a mesma passou a acontecer no último domingo do mês de julho.

Um grande sonho do Monsenhor Calimério era o de construir em Perdizes um Santuário em virtude do número cada vez maior de romeiros e devotos de Nossa Senhora que a cada ano vinham homenageá-la em sua festa.

E então, como bem dizia o cantor Raul Seixas, “Sonho que se sonha só é apenas sonho, mas sonho que se sonha junto já é realidade”, com o apoio de toda a comunidade perdizense, com as doações dos romeiros e devotos de Nossa Senhora da Cabeça, iniciou-se a construção de seu santuário, em um terreno doado pelo Sr. José Augusto Coelho e Dona Benedita de Oliveira Coelho e filhos, que hoje acomoda com dignidade os romeiros, os devotos e toda a comunidade durante o novenário e a festa, assim como nas celebrações de domingo, sempre as nove horas da manhã.

Deixamos aqui registrada a gratidão a este homem simples e humilde, mas de uma fé imensa em Maria, fé que o impulsionou a agregar esforços para a construção desta obra de tão grande dimensão, nem tanto em seu aspecto físico, que com o tempo se torna pequeno, pelo número cada vez maior e mais frequente de visitantes, sobretudo na época da festa, mas de sua dimensão espiritual e de fé tão arrojadas.

Agradecemos aos fiéis devotos que a cada ano trazem aqui seus pedidos, orações, bem como suas doações materiais. E a cada cidadão perdizense que de alguma forma colaborou ou colabora com mais esta obra de Maria, nosso muito obrigado e que Deus lhes recompense sempre.

Temos certeza de que nossa boa Mãe, Maria Santíssima, olha com olhar terno e grato sobre cada um de nós e nossas famílias. Rogamos ainda a Deus, que dê ao Monsenhor Calimério o descanso eterno merecido e que ele esteja no céu na presença da Santíssima Trindade, de Maria, de seus anjos e santos.

Obrigado por tudo, Monsenhor Calimério! Sua lembrança ficará eternizada neste santuário.

Ana Maria Martins de Melo

Perdizes, novembro de 2012
 
Nossa Senhora da Cabeça
(34) 3663-1231
Praça do Santuário, Bairro Cruzeiro, Perdizes - MG
paroquiaperdizes@hotmail.com
  Horários de Missas
Santuário: Domingo: 9 hs.
Matriz: Quarta-feira: 19 hs.
  Funcionamento do Santuário
Terça-feira a Sexta-feira - 8 hs às 11 hs. e 13 hs às 17 hs.
Sábado - 8 hs às 11 hs. e 13 hs às 17 hs.
Domingo - 7 hs às 12 hs.
Nossa Senhora da Cabeça | www.nossasenhoradacabeca.com.br | Todos os direitos reservados | 2017